Prefeita quer suspender recolhimento das contribuições previdenciárias, mas gasta mais de meio milhão em combustível - #CentralR3 - Reportagens exclusivas, notícias, informação e opinião!!

quinta-feira, 30 de julho de 2020

Prefeita quer suspender recolhimento das contribuições previdenciárias, mas gasta mais de meio milhão em combustível


Mesmo com a apelação dos servidores públicos de Roncador, a Câmara de Vereadores aprovou em segundo turno de votação na quarta-feira (29), o Projeto de Lei nº 09/2020, que autoriza o Chefe do Poder Executivo Municipal a suspender o recolhimento das contribuições previdenciárias patronais do Município de Roncador ao Regime Próprio da Previdência (PREVISRON).


Os votos do primeiro turno foram mantidos (veja aqui como votou cada vereador).


O que chama a atenção é que a fome de fazer as vontades da prefeita, ou talvez por algum outro tipo de benefício, duas vereadoras que também são servidoras públicas concursadas, acabaram votando a favor do projeto e contra a própria classe, são elas: Maria Bodnar (que inclusive já foi presidente do Sindicato dos Servidores) e “Cida do Donizete”.


Não dá muito para entender o porquê dessa suspensão do recolhimento, pois para se ter ideia, em plena pandemia, a Prefeitura de Roncador já gastou mais de meio milhão de reais com combustíveis.


Outra coisa que chama a atenção é o ex-vice-prefeito e pré-candidato a prefeito apoiado pelo grupo da “Dona Marília’, senhor Vivaldo Lessa, que sempre foi tão ligado ao Sindicato dos Servidores, não se manifestar sobre esse assunto que é tão importante para a classe.