Publicidade:

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Mato Rico: Portal da Transparência da Câmara de Vereadores deixa a desejar


O Ministério Público Federal realizou a segunda etapa do Ranking da Transparência, avaliando portais dos municípios. Na primeira avaliação, a maioria das prefeituras estavam abaixo da média no quesito transparência. Nessa segunda avaliação, divulgada recentemente, houve uma grande melhoria e a maioria dos portais atingiram nota acima da média e por isso devemos parabenizar o Ministério Público, bem como as prefeituras por estarem se adequando às exigências da Lei.

Mas e as Câmaras Municipais, que notas receberiam se fossem avaliadas?

O portal da Câmara de Vereadores de Mato Rico, por exemplo, tem deixado a desejar. A quilometragem percorrida pelo veículo da Câmara não está disponível no portal, não de fácil acesso pelo menos, conforme exige a Lei. Os gastos não estão bem claros, pois quando o internauta clica para conferir a nota de empenho, a página não abre. Só o que estão claríssimos, são os gastos com diárias, que em uma soma rápida realizada pelo blog, passou dos R$ 30 mil.

O que o blog acompanhou também, foi o grande valor gasto em cursos. Teve até curso para ensinar o vereador a desempenhar o seu papel.

Como diz o Faustão: "É brincadeira!"

Publicidade:

Publicidade: