Publicidade:

domingo, 7 de abril de 2019

Iretama: Campanha de vacinação contra gripe terá início dia 10


A Secretaria de Saúde do Município de Iretama informa toda a população que a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe foi antecipada neste ano e será realizada entre os dias 10 de abril e 31 de maio. Entre 10 e 21 de abril, a prioridade será para vacinar crianças a partir de 06 meses até 05 anos; Gestantes e Puérperas.

Depois de 22 de abril, será iniciada a imunização dos demais integrantes do público-alvo: idosos, profissionais da saúde e professores, pacientes com doenças crônicas, povos indígenas, adolescentes que cumprem medidas socioeducativas e presidiários. A meta é vacinar ao menos 90% desse público.

A Secretaria de Saúde adverte que é necessário levar a carteirinha de vacinação.

Perguntas e respostas

Quais são as diferenças entre os vírus que causam gripe?
De acordo com o Ministério da Saúde, existem três tipos de vírus influenza que circulam no Brasil: A, B e C. O tipo C causa apenas infecções respiratórias brandas e não tem impacto na saúde pública, não estando relacionado com epidemias. O vírus influenza A e B são responsáveis por epidemias sazonais, sendo o vírus influenza A responsável pelas grandes pandemias (A/H1N1 e A/H3N2).
O que muda de ano para ano?
Um vírus pode sofrer mutação e trazer infecções mais sérias porque não encontra uma população protegida por exposições anteriores.
A vacinação cobre todos os vírus? Como o imunizante é feito?
A vacina contra gripe ofertada no Sistema Único de Saúde (SUS) protege contra todos os tipos. O mesmo ocorre na rede particular. A definição da composição do imunizante muda a cada ano, considerando as cepas que mais circularam no Hemisfério Sul, no ano anterior. Para 2019, a Organização Mundial da Saúde definiu a composição da vacina com duas cepas de influenza A (H1N1 e H3N2) e uma linhagem de influenza B.
Quem não está no grupo prioritário deve buscar vacina na rede privada?
Segundo especialistas, quem puder, deve se proteger.
Há outras formas de se prevenir, além da vacina?
Sim. É recomendável evitar aglomerações e lugares fechados. Além disso, recomenda-se lavar bem as mãos com água e sabão, usar álcool em gel para higienização, manter os ambientes arejados e evitar o contato com pessoas gripadas e resfriadas.