Publicidade:

Publicidade:

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Fumaça de fogão a lenha gera polêmica em Iretama


Um Ofício emitido pela Vigilância Sanitária do Município de Iretama acabou gerando uma pequena polêmica nas redes sociais, usadas claro, pela oposição do prefeito para dar aquele bafafá.

Na verdade, o Ofício atendeu uma denúncia devido a intensidade de fumaça que um fogão a lenha estaria causando na vizinhança no Bairro Vila Lima, mas as informações foram utilizadas no sentido de que a prefeitura estaria querendo proibir o uso de fogão a lenha.

A Vigilância Sanitária emitiu uma Nota de Esclarecimento informando que não se trata de proibir o uso de fogão a lenha e sim, atender a denúncia feita por um morador no que se refere a grande quantidade de fumaça criada e que estava incomodando a vizinhança.

A Vigilância Sanitária tratou os comentários que geraram a polêmica como “fakenews” e como sendo notícias não comprometidas com a verdade.

Fumaça de Fogão a Lenha faz mal!

Agora isso muita gente não sabe e aproveitamos o momento para levar essa informação. A fumaça do fogão a lenha faz mal!

A OMS (Organização Mundial da Saúde (OMS) considera o fogão a lenha o fator ambiental responsável pelo maior numero de mortes, no mundo inteiro. Morre mais gente como consequência desse tipo de poluição doméstica do que de malária (causadora de 800 mil mortes/ano).  

Mulheres e crianças que vivem em pobreza extrema correm risco mais alto, porque ficam mais expostas – os homens tendem a passar menos tempo em casa.

Nas crianças com menos de cinco anos de idade, a principal causa de morte é pneumonia aguda, seguida pelas complicações da asma. Nas mulheres, a mortalidade está associada à doença pulmonar obstrutivo-crônica – das quais o enfisema é a mais frequente -, à doença cardiovascular e o câncer das vias respiratórias. Sem nunca haver acendido um cigarro, padecem dos mesmos flagelos que afligem os fumantes. 

CLIQUE AQUI para ver o artigo completo do médico Drauzio Varella sobre esse tema. 

Diante de tudo isso, se a Vigilância Sanitária tivesse realmente proibido o uso de fogão a lenha, estaria fazendo um bem para a família que utiliza esse instrumento. 

Publicidade:

Publicidade: