Iretama estava sem Certidão por investir abaixo do mínimo em Educação no ano de 2020 - #CR3 | CentralR3



Iretama estava sem Certidão por investir abaixo do mínimo em Educação no ano de 2020



O Município de Iretama estava sem Certidão Liberatória, o que dificultava o recebimento de recursos por meio de convênios.


Isso tudo porque o ex-prefeito, Wilson Carlos de Assis, no ano de 2020, não teria investido o mínimo legal em Educação, ou seja, de acordo com o Tribunal de Contas do Estado do Paraná, o Município de Iretama teria investido o percentual de 23,95%, abaixo do mínimo legal, que é 25%.


O Município de Iretama alegou que, devido ao estado de calamidade pública com a pandemia da Covid-19, a Certidão seria de extrema necessidade para a liberação dos recursos e por isso, o TC acabou liberando, em caráter excepcional, a Certidão Liberatória para Iretama.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

test