Ex-prefeito de Ivaiporã é condenado pela Justiça da Comarca por improbidade administrativa - #CentralR3 - Reportagens exclusivas, notícias, informação e opinião!!

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Ex-prefeito de Ivaiporã é condenado pela Justiça da Comarca por improbidade administrativa


Luiz Carlos Gil, ex-prefeito de Ivaiporã, foi condenado em 1º instância, pela prática de ato de improbidade administrativa.

De acordo com o Ministério Público do Paraná, Carlos Gil se valeu de seu cargo de prefeito para literalmente barganhar a aprovação de um loteamento em troca de atendimento de suas exigências pessoais.

O ex-prefeito teria exigido aos empresários empreendedores, dois terrenos que seria para instituição religiosa, aonde o mesmo estaria projetando a doação para a Igreja Católica, a finalização de obras em um Centro de Eventos no valor de R$ 550 mil e ainda a pavimentação asfáltica em frente a outros dois loteamentos que não tinham ligação com os empresários, sob ameaça de no caso de não aceitando tais condições, o loteamento não aconteceria e por fim, o loteamento foi barrado pelo prefeito que assinou decretos declarando parte do terreno como de utilidade pública e a sua desapropriação.  

De acordo com o MP, Luiz Carlos Gil teria investindo-se na condição de “dono” da cidade, formulando exigências ilegais, extorquindo os empreendedores com a promessa de uma suposta aprovação do projeto de seu loteamento e, não satisfeito – e ainda revoltado pela resistência dos empreendedores (após uma reunião que quase terminou com agressões físicas entre as partes) – atendeu seus sentimentos pessoais e com a edição dos decretos municipais, acabou com o projeto dos Irmãos Prestes que sonhavam com este grande empreendimento na cidade.

Nesta ação, o ex-prefeito teve seus direitos políticos suspensos pelo prazo de 5 (cinco) anos e o pagamento de multa civil correspondente a 100 vezes da remuneração percebida por ela na época dos fatos, além do pagamento das custas processuais.

Via TNOnline