Publicidade:

terça-feira, 20 de março de 2018

Bandido entra em confronto com PM de folga e se dá mal!

Foto e informações: Dione Correia

Olha só oque aconteceu na noite dessa segunda-feira (19), rodovia PR-487, próximo a Fazenda Onça Parda, em Campo Mourão.

Um casal que estaria com problemas no veículo que estavam utilizando acionou um guincho da cidade de Pitanga para realizar o socorro. O proprietário do guincho, ocupado no momento, pediu para que seu filho realizasse o socorro. Um policial militar que estava de folga, amigo do proprietário do guincho, foi junto com o rapaz.

Já próximo do local informado, o casal pediu para que o motorista entrasse em uma estrada rural, informando que deixaram o veículo em uma propriedade naquela estrada.  

Estrada a dentro, cerca de 4 quilômetros retirado da rodovia, o motorista do guincho se deparou com um veículo Fiat Palio com dois elementos armados com revólveres que anunciaram um assalto.

Os bandidos pediram para que os dois descessem do guincho, momento em que o motorista, filho do proprietário do caminhão, reconheceu um dos bandidos como sendo um primo do seu pai. O bandido falou que eles iriam pagar caro, sem saber que o acompanhante era um policial militar. Os bandidos começaram a agredir os dois com socos, chutes e coronhadas.

Após as agressões, deixando as vítimas machucadas, os bandidos pediram para que os dois seguissem reto pela estrada rural sem olhar para trás, momento em que as vítimas possivelmente seriam executadas pelos bandidos, mas em uma ação rápida do PM, percebendo que seriam executados, conseguiu desviar de dois disparos efetuados pelos bandidos e respondeu com outros disparos, conseguindo acertar um dos meliantes que acabou morrendo no local. Os outros integrantes conseguiram fugir.  

O policial entrou em contato com a central de operações da PM de Campo Mourão e pediu apoio. As ambulâncias do SAMU também foram acionadas e deram atendimentos às vítimas.

O assaltante alvejado foi identificado pelas iniciais C. K., de 29 anos e foi constato o óbito. 

Publicidade:

Publicidade: