Publicidade:

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Cresce a quantidade de animais silvestres vítimas nas rodovias

A foto foi enviada ao blog e mostra um graxaim (cachorro do mato) atropelado na PR-462, trecho entre Roncador e Iretama.


Existem muitos animais silvestres que circulam pela rodovia, por isso a necessidade de atenção por parte dos motoristas, pois todos têm a obrigação de ter o máximo de cuidado para evitar a morte por atropelamento destes belos animais.

Para se ter ideia, os atropelamentos é a principal causa de morte de bichos silvestres no país, superando caça ilegal, desmatamento e poluição. São 15 animais mortos por segundo, ou 1,3 milhão por dia e até 475 milhões por ano, segundo projeção do CBEE (Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas), da Universidade Federal de Lavras (MG).