Publicidade:

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Mato Rico: Coligação tenta "tapetão", mas resvalou...

Reprodução do TSE (Tribunal Superior Eleitoral)

A Coligação "Mato Rico no Caminho Certo, Seguindo em Frente, Com Fé, Trabalho e Compromisso", entrou com ação de impugnação do registro da candidatura de Joaquim Ortiz Neto, alegando que, quando prefeito, teve suas contas referentes ao ano de 2011, consideradas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE/PR) e ainda, que o ex-prefeito estaria com seus direitos políticos suspensos, mas não teve jeito.

O pedido foi julgado improcedente e a candidatura de Joaquim Ortiz Neto foi deferida pela Justiça Eleitoral.

Agora não resta outro jeito. A disputa vai ter que ser no voto!