Publicidade:

segunda-feira, 20 de junho de 2016

"Esqueleto" deixado por ex-prefeito ainda continua dando comentários


Mesmo após ter sido iniciada na gestão do então prefeito Agnaldo Chichetti e em seguida, se tornar mais uma das obras abandonadas naquela gestão, se tornando uma verdadeira "maratona" para ser concluída pela atual gestão, as obras da Unidade de Educação Infantil, a "Super Creche", continua dando o que falar. Os vereadores de oposição, Ronaldo Santos (homem de confiança do então prefeito), Pedro do Neco (vereador na época) e Messias Kalinoski, por meio de um requerimento, solicitam cópia do laudo de medição e pagamentos da obra de construção da "Super Creche".

Na época, o Estádio Augusto Becher foi destruído para dar lugar à construção da Unidade Infantil e não adiantou nada a população protestar no local.


De acordo com informações extraoficiais, durante a gestão do ex-prefeito, foram realizados pagamentos equivalentes a 50% da obra, mas não havia sido concluída nem 30%.

O que chama a atenção ainda, no requerimento, é que o vereador Ronaldo Santos assina duas vezes, por ele e pelo vereador Pedro do Neco, a não ser que as assinaturas dos dois vereadores sejam idênticas.

Vejam: