Publicidade:

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Ex-prefeito de Iretama, "Toinzé" e a má fase que não passa


O Ex-Prefeito de Iretama, Antônio José Quesada Piazzalunga (Toinzé) não passa por uma boa fase, pois teve suas três contas reprovadas junto a Câmara Municipal de Iretama, estando portanto inelegível para o pleito de 2016 e as reprovações foram por inconsistências financeiras e orçamentárias que deram prejuízo ao erário publico, mas além disso tudo, o ex-prefeito ainda responde a diversos processos junto a Vara da Fazenda Pública, Vara Criminal e também junto a Vara Cível de Iretama e para piorar, "Toinzé" foi condenado em um Processo Criminal que tem como capitulação penal a usurpação de Função Publica que causaram prejuízo ao erário publico. O ex-prefeito foi condenado pela pratica penal do delito previsto no Decreto-Lei n.º 201/67, com a pena de 03 meses de detenção e 10 dias multa. O ex-prefeito deverá ainda, cumprir algumas condições junto ao fórum de Comarca, entre elas:

Apresentar-se mensalmente em Juízo, entre os dias 1º e 10º de cada mês, para dar contas de suas atividades e de seu endereço; Recolher-se diariamente em sua residência no período compreendido  entre 22 horas e 05 horas, assim como aos sábados, domingos e feriados; Não se ausentar dos limites territoriais da Comarca em que reside, por mais de 15 (quinze) dias, sem prévia comunicação ao Juízo;  Não frequentar bares, boates ou quaisquer outros estabelecimentos afins, em qualquer horário do dia; Prestar serviços à comunidade ou entidades públicas;  A suspensão dos direitos políticos do condenado; A inabilitação pelo prazo de 05 anos para o exercício de cargo ou função pública, eletivo ou de nomeação.

O ex-prefeito alega perseguição política da Câmara com relação a reprovação de suas contas, que inclusive tem mais uma para ser votada. Em relação a essa condenação, qual seria o comportamento do ex-prefeito?

Publicidade:

Publicidade: